BEM-VINDO AO MEU BLOG!

Aqui no meu blog você vai achar dicas de Computer Music, especialmente de Pro Tools, Reason, Live, áudio profissional e Homestudio. Alguns trabalhos artísticos que eu fiz também têm seu espaço. Há muita informação legal nos comentários. Use a caixa de pesquisa logo abaixo para achar um assunto que você está procurando.

Boa navegação!

Pro Tools 12, será?

Que a verdade seja dita:

Sabe aquela sensação de desânimo que pinta quando você começa a assistir um filme no cinema e percebe que não era bem aquilo que você queria ver, mas não levanta da cadeira para ir embora porque você respeita o dinheiro que você passou pela janelinha furada da bilheteria e no fim só empata se rolar uma pizza com chopinho?
Pois é, me sinto um pouco assim vendo o teaser dos novos Pro Tools 12.
Sabe aquela sensação de desânimo ao jogar um aplicativo gratuito no celular que obriga você a comprar um power-up para poder mudar de fase?
Pois é, me sinto um pouco assim lendo sobre os novos Pro Tools 12.
Sabe aquela sensação de desânimo quando você vai comprar uma baguete recheada na padaria e percebe que o tamanho do pão mudou para menos e que vai ter que levar mais alguma coisa para não ficar com fome antes de dormir?
Pois é, me sinto um pouco assim analisando os novos Pro Tools 12.

Um pouco, eu disse. Não é muito não, mas o suficiente para deixar de ler a tabela comparativa dos Pro Tools 12 na metade para ir verificar pela milésima vez o vídeo do Dave Smith explicando o seu novo Prophet-6, já que conseguiu de volta o direito de usar o nome de uma das maiores marcas de sintetizador de todos os tempos, a Sequencial Circuits, que agora é apenas Sequencial e nada mais atrativo que um novo Prophet. Aliás, é incrível essa história: O Fundador da Roland mandou uma carta ao Presidente da Yamaha sugerindo que a empresa devolvesse a marca ao Dave Smith e assim foi feito, colocando resumidamente. Nunca ouvi falar de algo similar na história e isso dá um pouco de ânimo e vontade de continuar acreditando que alguma chama ainda está acesa no coração das pessoas, mas essa é outra história...


FIG 1 - Prophet-6 da Sequencial. Provavelmente o sintetizador polifônico analógico mais importante da atualidade.

Agora, colocando em miúdos, aceitar que o filme é ruim, que o joguinho na verdade não é free, que o pão murchou e que o sertão está mudando de endereço para o Sudeste porque a natureza assim determinou é difícil, mas a animação não faltou na apresentação do novo Pro Tools 12 na NAMM, embora dê para perceber um certo desconforto nos palestrantes em relação às possíveis reações de seus clientes presentes no evento, que se mantiveram educados como sempre, enquanto que ácidas críticas populavam os blogs especializados de forma nada amena dos power users anônimos.

Bom, agora a grande sacada da Avid é a colaboratividade. Concordo! É uma grande sacada mesmo e faz parte da filosofia Avid Everywhere, como imagina o imaginativo CEO da Avid, mas, cá entre nós, fora isso tem alguma ferramenta nova de edição em algum Pro Tools 12? Não tem. Tem alguma ferramenta de mixagem nova? Não tem. Alguma funcionalidade MIDI nova? Necas. Algum plug-in novo? Tem. Ufa! 17. Uia! Mas nenhum é grátis. Ahhh! Instrumento virtual novo então? Ã-ã. Uma coisinha qualquer escondida lá no menu Edit só para a gente clicar e acontecer alguma coisa legal? Nadica. Mas espere aí: eu gostei daquelas setinhas que têm no novo campo colaborativo de cada canal que acende para você perceber que tem edição nova de seu colega que está lá na Bósnia-hezergovina, Estocolmo ou Kuala-Lumpur, tudo sincronizável em alguns segundos e se você quiser falar com ele tem um Skype e MSN incorporado ao Pro Tools. Tá, isso faz parte da nova colaboratividade e não conta. Ah, alí do lado do meter na barra de ferramentas também têm...Isso é novidade.


FIG 2 - Setinha que indica que seu colaborador fez algo ou que você ainda não subiu algo novo para ele. Onde? Alí na guia COLLAB...

Ok, vamos aceitar então que essa atualização do Pro Tools não se trata de uma atualização de software, mas sim de uma atualização cultural quase que filosófica. Isso indica que o Pro Tools está ficando up-to-date e precisa se encaixar nos moldes das metas sociais e societárias de amanhã.

Realmente gostei, de verdade, da possibilidade que as pessoas passam a ter agora de poder alugar o Pro Tools por alguns dias para fazer um trabalho sem ter a necessidade de ter que comprá-lo. Gostei também do fato do Pro Tools First ser gratuito para que as pessoas possam experimentar e até trabalhar com o software rei, mesmo considerando que ele só permita três trabalhos na cloud e nenhum localmente (como?), funcionalidade esta que faz o termo utilizado no site oficial "Absolutely Free" não ser muito adequado. Daí um certo desânimo geral, não só meu.

Lembra aquele joguinho de celular? mesma coisa. Precisa de mais power-ups? Basta comprar. O seu colega usa um plug-in que você não tem? Basta comprar. Precisa de mais espaço na cloud? Basta comprar. E o Adam Smith, pai da economia moderna, sorri de soslaio em sua tumba na escócia enquanto você nem sai do ambiente do aplicativo. Solução? Upgrade do First para a versão Standard. Pagando, obviamente.

Essa é a tendência? Então logo alguém inventará o sabre de luz para combater o império e estabilizar o "balance" da força? Não, isso foi a muito, muito, muito tempo atrás. Ferrou então!

É fato que a cada NAMM um novo Pro Tools tem que sair, meta interna da empresa, mas como criar um Pro Tools mais lucrativo? Ops, mais revolucionário, quero dizer? Assim como o Pro Tools 11 e em apenas um ano ou dois no máximo? Difícil. Aliás, pergunto: - O que mais que dá para inventar dentro do Pro Tools de verdade? Difícil essa também, devo concordar, mas consigo imaginar algumas, como corretor de afinação e RTA e no blog colaborativo Pro Tools Feedback Community do ideascale há muitas outras.

www.protools.ideascale.com

Por outro lado não é justo ficar tão desanimado, só um pouco, e de nada adianta reclamar. Ficar reclamando de que? Basta migrar para o Live, o Bitwig, o Reaper ou o novo Sonar, mas tenho certeza que muitos profissionais não iriam conseguir. Outros não viam a hora de ter um colega trabalhando na mesma sessão sem ter que depender do ônibus, Palio Weekend, Mail, Outlook, We Transfer, Google drive ou Dropbox. Isso é fantástico. Música é sinônimo de colaborativismo e isso é muito importante, mas deveria ser grátis para todas as pessoas.

Excluindo essa coisa da colaboração, que inclusive tá virando moda e pegou a Adobe e a Propellerheads de jeito - que é sim muito legal e importante para quem precisa dessa ferramenta - provavelmente o ponto mais interessante do novo Pro Tools 12, como eu já mencionei, seja a flexibilidade de sua licença. Acho muito legal você poder assinar o Pro Tools para poder usá-lo por um mês, por exemplo. Especula-se US$ 29,90 ao mês, US$ 199,00 ao ano (para quem já tem o Pro Tools) ou US$ 299,00 ao ano (para quem não tem). São valores aceitáveis e isso garante que você tenha a versão mais recente e todas as atualizações durante o período comprado. Só que o câmbio do nosso país é misterioso e existem tabelas de 4 alfabetos de excel só para calcular os impostos de importação e de venda que nenhum gringo consegue imaginar, tampouco entender. Então tudo depende.


FIG 3 - O Reason no esquema "Propellerhead Everywhere", igualmente funcional também nos apps Take e Figure para colaborativismo via celular.

Fora essas duas novidades, você pode vender sua música na comunidade Avid através do Avid Content Marketplace e não há muito mais a descobrir. Fica pro 13, quem sabe.


FIG 4 - O "Avid Everywhere" official Avid, muito legal para quem tem espírito colabortivo. Atualmente preciso apenas de colaboração nas sessões do Santander.

Para fechar então vou colocar uma tabela comparativa para você tentar ler os pormenores até o fim, coisa que eu não consegui, mas para ficar mais interessante escondi uns detalhes nela. Boa diversão!

Canais

Pro Tools | HD 12

Pro Tools 12

Pro Tools Express

Pro Tools  First "grátis"

Pistas simultâneas 48/96/192 kHz
256/128/64
Considerando uma placa HDX ou HD | Native
96/48/24
(mono ou estéreo) 
16 / 16 / –
(mono ou estéreo)
16 / 16 / –
(mono ou estéreo)
Entradas simultâneas
192
32
8
4
Gravação simultânea
256
32
4
4
Instrumentos
128
64
8
16
MIDI
512
512
16
16
Auxiliares
512
128
8
16
Busses
Ilimitado
Ilimitado
16
Ilimitado
Vídeo
64
1
1
-

Geral

Pro Tools | HD 12

Pro Tools 12

Pro Tools Express

Pro Tools  First "grátis"

Máximo de projetos suportados
Ilimitado
(Local e rede)
Ilimitado
(Local e rede)
Ilimitado
(Local e rede)
3 (na cloud apenas, mas você pode comprar mais espaço...)
Taxa de amostragem máxima
32-bits, 192 kHz
32-bits, 192 kHz
32-bits, 96 kHz
32-bist, 96 kHz
Entradas e saídas máximas
256
32
8
4
Compatibilida com ASIO, Core Audio e EUCON
Sim
Sim
Não
Sim
Extensão de Plug-ins
AAX DSP, AAX Native, AAX AudioSuite
AAX Native, AAX AudioSuite
AAX Native, AAX AudioSuite, RTAS, AudioSuite
AAX Native, AAX AudioSuite

Ferramentas

Pro Tools | HD 12

Pro Tools 12

Pro Tools Express

Pro Tools  First "grátis"

Produção, gravação, sequenciamento, edição e mixagem
Loop record
Editor MIDI
Editor de partitura

Elastic Time e Elastic Pitch
Automatic Delay Compensation
16k
16k
16k
16k
Beat Detective
Multipista
Multipista
QuickPunch
Compatibilidade AAF/OMF/MXF


DigiBase Pro
Track Freeze
Quase
Quase
Ã-ã
?
Clip Gain


Offline bounce

Exportação MP3


Exportação para iTunes

Exportação para SoundCloud


Prophet-6 do Dave Smith
Youtube?
Alô?
Tu, tu, tu...
Fui.
Timecode


Panorama com ajuste de abertura


Avid Video Engine


Surround
(até 7.1)



Satellite Link



Disk cache



TrackPunch / DestructivePunch



Input monitoring



VCA mixing



Solo bus AFL/PFL



Todo o resto



O que você realmente queria

























Conseguiu ler até aqui? Obrigado! Então você descobriu que o Pro Tools First tem Bounce Offline, uma das minhas ferramentas preferidas de todos os tempos, junto com o Clip Gain. Ahh, não tem Clip Gain no First? Só dá para gravar 3 projetos na cloud? Não dá para gravar localmente? Tem que comprar mais espaço? Xiii! Pelo menos talvez o novo Pro Tools 12 standard possa ser alugado por um precinho camarada permitindo a você colaborar com seu colega de forma muito legal. Talvez seja exatamente isso que eu quero!


Paralelamente o fluxo de áudio no Prophet-6 é totalmente analógico. VCO, VCF, Low Pass, High Pass, tudo gordo! O sequencer é polifônico! Arpejador! Aftertouch! Poly Mod! Preset! Velocity! MIDI/USB! Efeitos! Sem menu! Sem LCD! One knob per function e a lateral é de madeirinha. Dá para pedir mais? Ah, sim, claro: um descontinho, por favor!

Abração.

36 comentários:

  1. Eh, so querem o nosso $$$$$$ mais nada... E haja $$$$$!!! Nao tem dinheiro que chegue...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. $$$$, tá mais escasso que água...Abs.

      Excluir
  2. Caro Daniel. Uma pergunta simples: A M Audio Fast Track Ultra é uma boa ferramenta e funciona plenamente? Obrigado pela atenção e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo, sim, muito boa. Já usei ela bastante. Driver de baixa latência e os prés são de boa qualidade. Não tem como ficar insatisfeito. Abs.

      Excluir
  3. Daniel, boa noite. Parabéns pelo blog. Tenho acompanhado e está muito legal. Tentei escrever antes mas não sei se ainda vai entrar na lista. De qualquer jeito estou enviando novamente.
    Estou querendo comprar o PT 11. Você sabe em quantas máquinas posso instalá-lo e se preciso da mbox ? Uso Mac Mountain Lion. Obrigado. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wagner, obrigado! Você pode instalar o Pro Tools 11 quantas vezes quiser em quantas máquinas quiser, mas só pode rodar um por vez, porque o ilok é que destrava o software. A Partir do Pro Tools 9 não é mais necessário uma interface de áudio da Digi ou Avid, basta usar uma que seja compatível com Core Audio. No Mac ele funciona até sem interface alguma, usando a interna do computador. Abs.

      Excluir
  4. Olá Daniel, meu controlador axiom geração 1 começou desafinar percebi que isso acontece quando uso o pitch band você sabe como desabilitar o pich band?
    Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Francisco, pode ser que a mola esteja fora do lugar ou frouxa. Abra o teclado e de uma amassadinha na mola na direção oposta para firmar o pitch bend. Eu fiz isso uma vez no meu teclado e deu certo. Não sei se é possível desabilitar o Pitch Bend, mas você pode definir ele para atuar 0 no painel de controle dele. Abs

      Excluir
  5. Daniel...estou com problema aqui e queria ver se voce poderia me ajudar...acabei de instalar o pro tools 10 hd 10.3.7 tenho uma profire 2626 nao sei oque acontece quando abro o pro tools 10 automaticamente meu bufer size da placa baixa pra 512 sendo que ela che ate os 4096...porem meu pro tools so consegue ir ate os 1024 de bufer size....sendo que no pro tools 7.4 eu conseguia trabalhar ate com 2048 de bufer size.. alguma luz ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse problema acontece quando o Windows segura o Buffersize. Vá nas configurações do sistema e tire a 2626 do painel de controle dos sons do Windows, deixando a interface interna, por exemplo. Dessa forma o Pro Tools fica "livre" para controlar o Buffer sizer. Cada versão permite um ajuste diferente, portanto a profundidade da versão 10, pode ser diferente da versão 7. Abs.

      Excluir
  6. Olá! Tenho um ilok com uma licença do pt express e gostaria de saber se a licença e o instalador do site InMusic servem para qualquer placa da avid, m-audio ou akai que seja compatível com o pt express, digo, se é um instalador e uma licença para ambas as placas. Obg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucas, o iLok guarda apenas a licença do software e este é compatível com placas determinadas, portanto o instalador é sempre o mesmo mas dependem da placa para funcionar, mas os drivers não, cada interface tem o seu. O iLok vai funcionar com qualquer placa compatível e em qualquer computador que tenha o PT Express instalado. Abs.

      Excluir
  7. Olá Daniel, estou com o seu livro e também com Protools First, gostaria de saber sobre aquivo MIDI para tocar no programa. Em outras DWA, basta arrastar um arquivo que contenha o som desejado e levá-lo até a pista , pronto, ouvimos o som. E no Protools? Lembrando que tenho a versão First. Obrigado.

    ResponderExcluir
  8. Blz Daniel Raizer, estou comprando a atualização do PT12 anual mas no final da compra aparece meu endereço de entrega, não é mais por download? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é por download. Não está confundindo com o endereço de cobrança? Abs.

      Excluir
  9. Posso ter o 12 mensal (caso tenha um trabalho) e o First (para praticar e conhecer a ferramenta) instalado na mesma máquina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelo, pode sim. Eu uso o 12 profissionalmente e tenho também o First para ensinar nas minhas aulas. Abs.

      Excluir
  10. Olá Daniel, tb tenho seu livro. O PT 12 funciona com qualquer interface? Tenho uma StudioLive da Presonus será que funciona? Ele roda no ElCapitain? E caso eu queira comprar a versão 10, onde e como faço para comprar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulo, obrigado. Sim, qualquer interface que seja compatível com ASIO (PC) ou CoreAudio (MAC).
      O Pro Tools ainda não é compatível com o El Capitán, melhor ficar por enquanto no Yosemite. Pode comprar, ou alugar, direto no site da Avid, mas a versão 12 apenas, 10 não existe mais. Abs.

      Excluir
  11. Comprei o Pro Tools 12, com a licença do 12, consigo acessar também a versão 10?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sim, existe um "grace period" que inclui as versões 10 e 11 junto com o 12.

      Excluir
  12. Ola Daniel Muito bacana seu blog. Parabéns.
    Olga, uso aqui o Protools 11. Caso eu Opte para atualizar na versão anual, pagando os $99... no final se eu optar por nao atualizar posso voltar a usar o protools 11 versão perpétua qe comprei ou fico escravo de comprar a atualização anual perpetuamente? abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado. Boa pergunta! Não sei a resposta. Hahahaha! Mas se você já tem a licença perpétua do PT 11 você vai poder usá-la indefinidamente. Creio que ficam duas autorizações, a sua do 11 e mais a locação, mas é melhor confirmar ligando na Quanta. Abs.

      Excluir
  13. Danel, o Protools 12 roda no "el capitan"? Outra dúvida, uma interface ProjetMix I/O comunica com esse protools 12?? abcs Gustavo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ainda não está homologado oficialmente, mas funciona. Se houver driver CoreAudio da M-Audio para o OSX ela rodará com o Pro Tools. Abs.

      Excluir
  14. bom dia daniél? vc pode me ajudar a traduzir o pro tools para portugues?

    ResponderExcluir
  15. Oi Toninho, vá em Setup / Preferences / Display / Languages e escolha uma língua. Abs

    ResponderExcluir
  16. Olá. Beleza Daniel? Parabéns pelo Blog.
    Vc por acaso possui um Driver da DIGI 001 para Windows 7? Se tiver e estiver disposto a vender uma cópia, agradeceria muito. Carlos Rezende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe! A DIGI 001 acabou no XP e Pro Tools 6. Abs.

      Excluir
  17. Olá. Beleza Daniel? Parabéns pelo Blog.
    Vc por acaso possui um Driver da DIGI 001 para Windows 7? Se tiver e estiver disposto a vender uma cópia, agradeceria muito. Carlos Rezende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe! A DIGI 001 acabou no XP e Pro Tools 6. Abs.

      Excluir
  18. Olá Daniel,
    Atualmente ví que pra comprar a licença perpetua já não possui a versão download, só possui a versão shippable box. Você sabe se além dos 600 dólares indicados vou pagar mais o frete e a taxa de importação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi João, acredito que tem a versão download sim, tem certeza? Veja na Quanta Store...Abs.

      Excluir
  19. Conectei um ADA na Focusrite 18i20 sacrlett no pro tools 12 mas fica Dando clics. No Pro tools 8 LE eu sabia resover alguem sabe no 12? Me ajudem! Isaias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caramba..espero que não seja problema de compatibilidade..acabei de com essa interface ainda não chegou!.

      Excluir
  20. Olá Daniel eu tenho um Mac Book Pro com Yosemite e minha interface é a MAudio Fast Track. Qual seria a melhor versão do Pro Tools pra trabalhar com essa configuração sem bugs? Grato

    ResponderExcluir