BEM-VINDO AO MEU BLOG!

Aqui no meu blog você vai achar dicas de Computer Music, especialmente de Pro Tools, Reason, Live, áudio profissional e Homestudio. Alguns trabalhos artísticos que eu fiz também têm seu espaço. Há muita informação legal nos comentários. Use a caixa de pesquisa logo abaixo para achar um assunto que você está procurando.

Boa navegação!

Pro Tools 11


A Avid acaba de divulgar as informações de seu novo Pro Tools, a versão 11. Enfim o software mais utilizado no mundo para produção de áudio em música ou pós-produção agora vai rodar em 64Bits e vai poder usar toda a RAM que há disponível na máquina onde está instalado. Isso significa que o processamento geral melhora enormemente, principalmente para sistemas que não contam com DSPs, como HD Native. Veja abaixo as principais características desse novo lançamento:


Processamento nativo em 64Bit
A DAE foi descontinuada, surge a AAE (Avid Audio Engine) = Mais processamento.
O Pro Tools 11 é um novo applicativo, refeito do zero.
Aplicativos em 32Bits acessam por volta de 3Gb de memória, em 64Bits teoricamente ainda não temos a quantidade de RAM disponível em nenhum sistema (excetuando mega servidores) que chegue ao limite. Isso significa que projetos muito complexos que pediam sistemas múltiplos de Pro Tools integrados agora podem ser rodados em um único sistema, ponto positivo para o pessoal de cinema e vídeo.

Offline Bounce
Até 150x mais rápido que o Bounce normal. 100% Sample accurate. Perfeito para podcasts e broadcasting. A cada Bounce offline gerado o resultado é sempre idêntico a ponto de ser verdade o teste de pegar um Bounce online e um offline com fase invertida e somar ambos para que o resultado final seja um cancelamento completo de fase, resultando em silêncio. Especialmente útil para a produção dos stems em broadcast, como diálogos, comentários, efeitos e dublagem em outras línguas. As automações são 100% corretamente calculadas, pois têm timestamping igual a dos clipes de áudio. É possível também fazer múltiplos Bouces offline simultâneos, como uma para a mixa de bateria, outro só com o instrumental, outro com os vocais, outro em mp3, etc. Infelizmente até este momento os plug-ins da UAD-2 ainda não funcionam com o Pro Tools 11, mas os proprietários dessa plataforma talvez poderão se beneficiar deste recurso se houver uma versão AAX Native na hora do processamento offline, mas teremos que aguardar a tecnologia estar presente para confirmar.

Track Freeze
Não propriamente uma função nova, mas uma técnica. É possível escolhar um stem específico no Pro Tools para fazer o Bounce offline e depois reimportar o conteúdo para a sessão automaticamente e desabilitar a pista do instrumento virtual, um track freeze disfarçado.

Input e Output buffer
É possível ter um buffersize de 32 samples para ter uma latênica reduzida, mas ao mesmo tempo um buffer de saída de 2048, que é ajustado automaticamente. Isso ajuda na monitoração de baixa latência usando-se plug-ins.

Automação precisa
Nem sempre a automação acontecia no tempo certo, mas agora toda informação das automação tem timestamping, assim como os clipes de áudio e sempre ocorrem exatamente no instante definido.

Workspace nova
A busca está muito rápida, basta digitar um assunto e a lista começa a aparecer. A busca é feita enquanto você digita.

Automação durante gravação
Quem mixa em tempo real em shows pode curtir! Agora dá para gravar automações enquanto pistas estão  sendo gravadas ou armadas para gravação. Outra opção de uso é para o pessoal de pós-produção onde se está gravando e manipulando os faders ao mesmo tempo. A automação pode ser convertida em clip gain (desde versão 10), o que facilita o delivering para os diferentes setores da pós-produção.

Dynamic host processing
Encontra-se na caixa settings da janela Playback Engine. Este recurso ativa-se quanto não há sinal de áudio em pistas que contém plug-ins (onde há um espaço) retirando o uso de CPU desta enquanto o playhead passa por uma área que não contém clipe algum, assim o plug-in não fica ocupando recurso de processamento sem processar nada. Ótimo para quem não tem hardware HD ou HDX. Se há silêncio na pista dentro de um clip o Plug-in permanece em estado de processamento e ocupa recursos, portanto agora é necessário ter uma postura mais criteriosa com as fronteiras dos clipes.

Melhores Faders e várias opções de medidores
Faders 30% mais altos na Mix window e 17 diferentes medidores que cobrem praticamente todas as opções de escalas de medição em todos os estandards de áudio e de vídeo. Um novo medidor de redução de ganho ao lado do medidor da pista pode indicar a redução de um determinado plug-in de processador de dinâmica nesta pista ou a combinação de vários plug-ins de processamento de dinâmica nesta mesma pista (recurso presente apenas na versão HD 11). Os canais Master podem ter medidores diferentes dos medidores das demais pistas. Há novos mini medidores em cada slot de send e insert, com a possibilidade de se exibir o fader da mandada para cada send. Os plug-ins de processamento de dinâmica oferecem um medidor de redução de ganho e é possível até esconder o fader principal da pista.

Novas teclas de atalho
Agora é possível bypassear todos os inserts (Shift + A) ou somente os 5 primeiros slot (Shift + 1), ou todos que estão em uma mesma linha, ou apenas os processadores de dinâmica, somente os reverbs, etc.

Video em HD
O motor do Media Composer está integrado ao Pro Tools.
Adicionar e editar vídeos de vários formatos em alta definição (XDCAM, avid DNxHD, etc) sem transcodificação é novidade. Compatibilização de inúmeras interfaces de vídeo, como as da avid Mojo DX, Nitrus DX, AJA e Blackmagic em uma lista extensa em um futuro próximo. Opção de tocar rapidamente entre a versão Proxy de baixa qualidade e a versão full para poder fazer a checagem de algum detalhe importante. É possível editar vídeo de forma básica no Pro Tools.

RTAS não funciona mais no Pro Tools 11
Mas as versões 10 e 11 podem coexistir na mesma máquina e uma licença do 10 será dada gratuitamente ao usuário da versão 11.

Gráficos melhorados
 Agora todas as janelas e detalhes do Pro Tools são compatíveis com Retina display

Preço melhorado
Dados às circunstânicas da mudança entre a versão 10 para 11 ter alocado um trabalho imenso de vários anos, agora a atualização está a um preço muito melhor do que foi a atualização do 9 para o 10.

Complete Production Toolkit 2 não exite mais
Não é possível adquirir a versão HD sem o Hardware HD, mas usuários podem adquirir o upgrade de Pro Tools HD para quem tiver o Pro Tools 10 e mais o CPT2.

Upgrade gratuito
Quem comprou o Pro Tools no dia 7 de abril de 2013 ou depois recebe o upgrade gratuito para o 11.

Outros recursos incluem:
Acesso rápido à criação de pistas
Metrônomo com plug-in novo Click II
Indicação real de saturação
Tansport Fade-in
Tecnologia avid Satellite integrada (não é mais um opcional pago)
Suporte à multiplos núcleos de processamento (Multicore)
Instalador simples do tipo Drag & Drop
Co-instalação com Pro Tools 10.3.5
Presets de plug-ins através de clique com o botão direito
Novos plug-ins AAX em 64 Bits
Suporte para instrumentos virtuais que necessitam de acesso intenso à RAM
Customização de medidores, incluindo 17 escalas predefinidas
Medidor de ganho de redução integrado ao medidor
Novo protocolo Eucon 3.0

Algumas respostas:
O Pro Tools 11 não aceita o iLok antigo (azul ou vermelho), apenas a versão nova (iLok 2)
As interfaces da linha azul irão funcionar, mas não serão homologadas oficialmente
As placas Accel não funcionam com o Pro Tools 11
As superfícies C|24, D-Control, D-Command e Artist Series (incluindo a primeira linha Euphonix) serão compatíveis.
A superfície de controle Control|24 não é oficialmente qualificada, mas deve funcionar.
A linha 002 não funcionará com o Pro Tools 11
Plug-ins RTAS não funcionam com o novo Pro Tools 11
Plug-ins AAX de 32-Bits não funcionam com o Pro Tools 11
Plug-ins UA UAD-2 talvez possam ser usados durante um Bounce Offline
Não é compatível com OS X Lion, requer ao menos o 10.8.3
Compatível apenas com Windows 7 e 8



58 comentários:

  1. E os plug-ins?
    Como vai ficar?
    Vai ler os VST´s?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Theo, só vão funcionar os plug-ins AAX de 64Bits. Os protocolos que não funcionam são: VST, Audiosuite come xtensão dpm, RTAS, TDM e nem os AAX de 32Bits do Pro Tools 10. Abs.

      Excluir
  2. Olá Daniel, sabe me dizer se essa versão continua sendo livre de hardware e se isso pretende continuar? Pois pretendo adquirir uma interface da Focusrite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vagner, continuará sim e as interfaces da Focusrite serão compatíveis. Abs

      Excluir
  3. Caramba...
    Que coisa maluca!
    Já pensou quem pagou uma fortuna por esses plug-ins não poder usa-los?
    Se eles não mudarem isso,já era esse PT 11,pelo menos para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Theo, provavelmente todos os plug-ins RTAS e TDM irão migrar para AAX mais cedo ou mais tarde, apenas o Virus Indigo que não, pois depende do chip da motorola que está na placa HD Accel que, por sua vez, não será compatível. A Waves também não planeja lançar plug-ins AAX DSP porque estão lançando seus próprios equipamentos com DSP através da DiGiGrid, mas AAX Native sim. A Native Instruments, Arturia, Waves, Sonnox, Avid, McDSP e muitos outros fabricantes já lançaram novos plug-ins no formato AAX e até agora todos têm update gratuito. Só esperar agora. Abs.

      Excluir
  4. tenho uma placa profire lightbridge serA COMPATIVEL MAIS UMA PERGUNTA se eu comprar PT ELE serve pra dois sistema mac e pc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alex, sim, a Profire é compatível com o Pro Tools tanto no sistema Mac OS X com Windows. Abs.

      Excluir
  5. Ola Daniel! comprei o pro tools 10 com a atualização para o 11 até ai tudo bem!só q não consigo usar os instrumentos virtuais da avid no pro tools 11 tipo:Xpand 2,DB-33,Vacuum, o pro tools 11 não reconhece eles o que pode ser?ja pesquizei sobre isso e não achei nada sobre esse problema!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fabinho, O Pro Tools 11 só aceita plug-ins no formato AAX de 64Bits, estes devem ficar em sua pasta específica para que o Pro Tools os encontre. Sugiro você instalar o pacote de plug-ins de instrumentos específicos para a versão 11 que está disponível para download da sua página de registro do Pro Tools 11. Abs.

      Excluir
  6. Olá Daniel sabe se o pro tools m powered 9 roda no mountain lion ultima atualização.desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sim, a partir da versão 9.0.5. Abs.

      Excluir
  7. Daniel , bom dia. Comprei um controlador de midi da M-audio (keystudio 49) e ele veio com o pro tools SE e na hora do carregamento do programa ao fazer a leitura do DAE ele Pede um hardware M-audio e como o controlador e plug 'n play e ja ta instalado no PC n sei oq esta acontecendo segui a risca o manual e tá dando esse erro vc sabe oq pode estar acontecendo (usando o cubase 5 ele reconhece perfeitamente o controlador)?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DevilsDog, apesar do Keystudio ser plug-and-play, para ele funcionar direito com o PT SE é necessário instalar seu driver. Vá no site da M-Audio, clique em Drivers e escolha o seu produto e sistema operacional nas caixas de seleção. Em seguida baixe e instale o últio driver disponível para seu produto. Abs!

      Excluir
  8. Olá Daniel ,comprei seu livro novo do faz mus c pro tools e adorei,quanto custa em media esta placa HDX pra rodar pro tools 11,uma média...muitos pcs não irá rodar o pro tools 11 64 sem esta placa,certo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá José, obrigado por comprar meu livro. Um sistema de Pro Tools HDX básico começa por volta de uns R$30000,00, mas o conjunto incluindo cabos, pré-amplificadores e computadores compatíveis podem passar bastante desse valor. Abs.

      Excluir
  9. Olá, Daniel. Por favor, você sabe se a placa de áudio da Avid pode funcionar como ILok para outros programas que não sejam da Avid, como o EWQLSOG (que, aliás, é reconhecido no próprio site do Sibelius como um upload desse software)? Motivo da pergunta: comprei o EWQLSOG, já tinha o Sibelius e o Pro-Tools originais, mas não tenho o ILok para colocar o EWQLSOG. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo. Sim, o iLok serve para qualquer programa que precisa de autorização por iLok. O modelo novo consegue guardar umas 500 autorizações. Atente que o iLok modelo antigo (o redondinho) não é mais compatível com o Pro Tools 11 e alguns outros aplicativos também não são, portanto fique atento com isso. Abração.

      Excluir
  10. Ola Daniel .tudo bem? Eu estou com um problema .eu comprei o pro tools 10 com upgrade para o 11 só que fiz o registro e quando entro na minha conta so tab disponível para download o protools 10 sendo que no ilock tenho a licença dos dois .e tenho direito aos dois pro tools o que fazer ? Obrigado..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas. Os downloads da versão 11 devem estar dentro de sua conta da avid. Se ainda não estão lá é porque a avid ainda não depositou a licença, verifique um pouco mais adiante. Se não aparecer você pode solicitar à Carla na Quanta Sotre que faça o pedido direto à Avid para verificar se tudo está ok em sua conta. Alternativamente você pode fazer o download da versão demo e ativá-la com seu ilok. A versão atual é a 11.1.2. Abs.

      Excluir
  11. Comprei recentemente uma placa mbox pro 3 com upgrade para o pro tools 11. Gostaria de saber se consigo separar a autorização de uso no ilok das duas versões do pro tools (10 e 11), isto é, usar as versões em iloks diferentes. Desde já agradeço a atenção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leandro, depende. Se você comprou a versão com Pro Tools 10 e ganhou o upgrade para o 11 é possível colocar cada licença em um iLok diferente. Entretanto se você comprou a versão que já vem com o 11 e o 10 elas estão atadas em um bundle que só pode ser movido por inteiro (as duas juntas). Abs.

      Excluir
    2. ok. Obrigado. Pelo que vi a minha infelizmente é a segunda opção.

      Excluir
  12. Desculpe se a minha pergunta é obvia demais. Eu fiz o upgrade do Pro Tools 9MP para o 11. Tive que adquirir um ilok2 para o Pro Tools 11.
    A licença do Pro Tools 9MP, que ficou no ilok antigo, não pode mais ser utilizada caso eu queira, por exemplo, rodar o 9 em outra máquina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode sim, a licença continua ativa e valendo, só tome cuidado com a questão da compatibilidade do sistema operacional e o o PT 9. Abs.

      Excluir
  13. Verificando pelo ilok license manager, constatei que após esse processo de upgrade, a licença do Pro Tools 9MP não se encontra mais no ilok antigo. E na conta onde se encontram todas as minhas licenças, o Pro Tools MP9 se encontra como unavailable, em cinza, e eu não posso fazer qualquer tipo de alteração.

    Isso é frustrante porque eu tive um desconto para fazer o upgrade para o 11, mas em tese eu paguei pelas duas versões.

    Por favor, qualquer ajuda é bem vinda.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, estranho, deve ser protocolo novo de upgrade, antigamente não era assim...Lamento.

      Excluir
  14. Ola Daniel, agora que migrei totalmente para o Pro Tools eu queria saber se existe algum plugin's nativo do PT 11.2.1 que eu possa inverte a fase, para evitar o cancelamento da mesma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas, tem vários jeitos sim:
      Selecione a onda, vá no menu AudioSuite e escolha a opção Other, Invert e depois clique o botão render. Se você quiser aplciar um plug-in clique em um slot de insert, clique em Other e escolha o plug-in Trim. No canto direito dele tem um botão que inverte a fase. Abs.

      Excluir
  15. Isso mesmo.... agora sim!!!!! gravando a bateria normalmente agora...obrigado

    ResponderExcluir
  16. Olá, Daniel.
    Uma dúvida: Na compra do 11 eu recebo também uma licença do 10? Não ficou claro isso pra mim e tenho alguns plugins que no momento não posso deixar de usar, mas quero migrar para plataforma Mac e não encontro a versão 10 para venda.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas, sim, na compra de um Pro Tools 11 você recebe a ativação do 10 também. Abs.

      Excluir
  17. Olá Daniel, E possível usar uma Licença do pro tools 11+10 Bundls para transferir a ativação só do 10 para outro usuário!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Evânio, não é possível. Os Bundles não são desmembráveis, todas as sublicenças ficam agrupadas em uma única fonte de ativação. Abs.

      Excluir
  18. Daniel Comprei o Protools 11 e veio o 10 junto, instalei os dois o 11 em meu Imac e o 10 no meu note, o 11 esta ativado e rodando certinho junto a uma Tascam us200, porem quando vou instalar o 10 no note ele da um aviso de que os buffer size é precisa ser expandido...eu não acho onde fazer isso, já procurei em todo lugar, vc saberia me dizer o que fazer? Muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá colega. O driver da Tascam trabalha com buffersizes que podem não ser múltiplos de 32. Entretanto, para que o Pro Tools funcione o driver da interface tem que estar com um buffersize múltiplo de 32 como 64, 128, 256, etc... Faz assim: Mude no driver da placa de som, no painel dela. Se não for possível faça assim: conforme o Pro Tools for abrindo segure a tecla N do computador, vai abrir a janela Playback Engine, Vá em H/W Buffersize e escolha um número múltiplo de 32. Clique OK. Deve resolver. Abs.

      Excluir
  19. Daniel, estou tentado montar um homestudio, sou músico porém iniciante no ramo de gravação. Gostaria de saber se vc da algum tipo de consultoria para montagem desse studio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas, tenho sim, você pode comprar esse produto meu aqui:

      http://danielraizer.mercadoshops.com.br/1h-de-suporte-tecnico-via-skype-26972896xJM

      Abs.

      Excluir
  20. Oi, Daniel. Será que vc poderia me ajudar? Eu agreguei minhas 3 ICE16D e configurei o protools para utilizar as saídas e entradas. Apesar de estarem lá, no consigo enviar nada para as saídas 33 a 48. Alguma ideia do que pode estar acontecendo? Agradeço demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sim. Sua versão de Pro Tools suporta apenas 32 canais simultâneos de entrada ou de saída. Para usar mais você precisa migrar para a versão 11 ou 12 do Pro Tools. Abs.

      Excluir
    2. Eita, Daniel, não me fiz entender. A minha versão já é a 11. Ainda assim, a coisa continua do mesmo jeito: o protools reconhece as entradas e saídas; mas não consigo enviar sinais para as de 33 a 48. Agradeço demais a atenção.

      Excluir
    3. Oi Marcus, desculpe, eu é que não fui claro. O Pro Tools em versão plena só consegue alocar até 32 inputs e outputs simultâneos em ASIO ou CoreAudio, apenas as versões HD é que suportam mais canais, 192 no caso. Abs.

      Excluir
  21. Prezado Daniel, me desculpe se essa pergunta é muito básica, mas é que até hoje não tive resposta para ela.

    Existe alguma maneira de fazer o Protools considerar como minuto zero não o início da sessão, mas outro ponto?
    Por exemplo, o músico entra no palco, é aplaudido, se senta e depois começa a tocar. Existe alguma maneira de trazer o zero para esse instante em que ele começa a tocar, e não o início da sessão?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá colega, sim, existe uma maneira simples: Abra a barra de tempo, onde tem a linha verde, então clique no triângulo vermelho que fica encostado no canto esquerdo e arraste para a direita na horizontal o quanto quiser. Só isso! Abs

      Excluir
  22. Daniel, tudo bem? Você sabe se ao comprar um PT11 eu posso instalá-lo em 2 máquinas, para cada uma um ilok? Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wagner, pode instalar duas cópias sim, mas eles só vão funcionar um de cada vez, pois só existe uma licença no ilok. Abs.

      Excluir
  23. Olá Daniel! As sessões que eu estava trabalhando no PT10 vão abrir normalmente na versão 11 ?
    Desde ja agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Abre sim. O contrário é que precisa de exportação adequada. Abs.

      Excluir
  24. Olá Daniel, tudo bem?
    Pode me ajudar com uma dúvida que tenho?
    Uso um iMac em casa e um Macbook Air quando estou na rua. Várias vezes quando saio esqueço de tirar o iLok porque estava plugado no iMac. Saberia me informar se posso ter 2 iLoks para a mesma licença do Pro Tools?
    Assim deixaria um iLok sempre plugado no iMac e outro sempre no Macbook Air.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  25. daniel boa noite , estou usando agora o protools 11 como faço para instalar os plugins free no PT11?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode baixá-los de sua conta na Avid ou então usar o sistema de loja do próprio menu do Pro Tools para baixá-los. Abração.

      Excluir